Dúvidas nunca respondidas 

​O que dói não é sua partida , o que dói é saber que nem ao menos se interessou por mim , o que dói é não ter lembranças suas , o que dói é sentir saudade de algo que nem me lembro de ter tido , o que dói são todas aquelas noites sem dormir pensando em você , pensando em porque se foi? Me questionando se eu não fui a culpada de tudo ? E se eu tiver sido uma má filha?  Ao ponto de você nem ao sentir vontade de ficar ? Nem ao menos me levar ? Será que nem ao menos me amou? Será que nem  sentiu o amor maternal que todos falam? Será?  Será?  Todas essas dúvidas nunca serão respondidas?  
Alice Freitas

​O que dói não é sua partida , o que dói é saber que nem ao menos se interessou por mim , o que dói é não ter lembranças suas , o que dói é sentir saudade de algo que nem me lembro de ter tido , o que dói são todas aquelas noites sem dormir pensando em você , pensando em porque se foi? Me questionando se eu não fui a culpada de tudo ? E se eu tiver sido uma má filha?  Ao ponto de você nem ao sentir vontade de ficar ? Nem ao menos me levar ? Será que nem ao menos me amou? Será que nem  sentiu o amor maternal que todos falam? Será?  Será?  Todas essas dúvidas nunca serão respondidas?  
Alice Freitas

Moça 

​Moça do cabelo emaranhado,

Deixa eu ficar do teu lado .
E vamos juntos observar o luar ,
Que é tão belo quanto teu olhar .
Hoje eu apenas queria ouvir, 
Voce dizendo sobrevivi.
E sabe todos aqueles problemas ?
E também todos aqueles dilemas ?
Hoje não os trago até aqui,
Deixei todos bem longe daqui .
Quero somente sentir a paz
que tua companhia me traz.
E esse teu sorriso ?
Que você sabe é meu paraíso.
Seus Abraços são como âncoras no mar,
Onde sempre quero estar .
E  aqui para todo ouvir eu declamo,
Que Eu te amo .

Alice Freitas